HOMEM É PRESO POR HOMICÍDIO APÓS TRABALHO CONJUNTO DAS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR

Um homem foi preso temporariamente no último dia 15/6, em Paranapanema, sob a acusação de ter matado um pedreiro de 35 anos um dia antes, em Campos de Holambra, distrito do município. O cumprimento do mandado de prisão ocorreu após trabalho conjunto das polícias Civil e Militar.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares realizavam ronda motorizada e se depararam com o investigado sentado em um banco de praça no distrito. Ao notar a presença da viatura ele se levantou e saiu andando, comportamento que chamou a atenção da guarnição policial.

Ainda segundo a ocorrência, por saberem que a Polícia Civil reunia elementos sólidos da participação do suspeito no crime, os policiais resolveram abordá-lo. Após revista pessoal foi encontrado um canivete no bolso do short que o acusado vestia, arma que pode ter sido utilizada no homicídio.

Devido à localização do canivete, o homem foi levado à Delegacia e durante a elaboração da ocorrência por porte de arma branca, a Justiça declinou favoravelmente ao pedido de prisão temporária realizado anteriormente pela Polícia Civil e expediu o respectivo mandado, que foi cumprido na Delegacia.

O suspeito foi encaminhado à Cadeia Pública de Piraju. O prazo da prisão é de 30 dias, prorrogável por igual período em caso de extrema necessidade. A Delegacia de Paranapanema prossegue com a investigação.

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu na tarde do último domingo, dia 14/6. A vítima estava em casa, na companhia de outras três pessoas, entre elas o suspeito, e foi golpeada com um canivete após uma discussão com ele. A vítima foi encaminhada ao pronto socorro, mas não resistiu ao ferimento e morreu. Uma testemunha prestou depoimento à Polícia e declarou ter visto o investigado cometer o crime e depois fugir.