Mais de meio milhão de pessoas se recuperaram de coronavírus nos 13 dias de maio até agora

Nos primeiros 13 dias deste mês, mais de 500 mil pessoas se recuperaram da Covid-19 no mundo. Os dados são da universidade norte-americana Johns Hopkins, instituição considerada referência na apuração de informações em tempo real da pandemia do novo coronavírus. No Brasil, 72.597 mil pacientes já apresentaram melhora da doença, sendo 9.846 mil recuperações apenas no Ceará segundo aponta o IntegraSUS.

Ao todo, até esta quarta-feira, 13, 1.523.214 milhão de pessoas foram consideradas recuperadas da Covid-19. O número representa aumento de 514.716 mil pacientes que apresentaram melhoras, desde o balanço da Johns Hopkins divulgado no último dia 30 de abril e noticiado pelo O POVO.

Desta forma, a quantidade de pacientes recuperados do novo coronavírus é 5,1 vezes maior que o número de mortos em decorrência da patologia. Até às 16h20min desta quarta, 294.879 mil pessoas morreram por Covid-19 no mundo. Na última quinta, 7, a proporção de recuperações x óbitos era 4,75 vezes maior. Os dados também foram publicados pelo O POVO. Vale ressaltar que o índice não tem como medir a subnotificação de pessoas com a doença ou clinicamente curadas que se mantiveram assintomáticas e não realizaram testes. O dado também pode ser incompleto em relação a pacientes domiciliares que se recuperaram da infecção.

Estados Unidos, Alemanha e Espanha são os três países que apresentam maior quantidade de recuperações, com 230.287, 148.700 e 138.980 mil pessoas respectivamente. Fecham a lista das dez nações que mais registraram pessoas recuperadas do coronavírus Itália (112.541), Turquia (101.715), Irã (89.428), China (79.242), Brasil (72.597), França (58.786) e Rússia (48.003), nessa ordem.

Até esta quinta-feira, 13, são 4.315.679 milhões de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, com 294.879 mil mortes em decorrência da doença, segundo a Johns Hopkins.