Na manhã desta terça-feira, 20 de agosto o estado do Rio de Janeiro vivenciou um momento de desespero por conta de um criminoso que invadiu um ônibus executivo e fez cerca 37 pessoas reféns.

O caso aconteceu por volta das 5h20 da manhã na Ponte Rio – Niterói e após mais de 3 horas de negociação o desfecho se deu com a morte do criminoso. De acordo com a informações divulgadas, o indivíduo teria obrigado o motorista a deixar o veículo atravessado na ponte e ameaçava usar gasolina para incendiar o ônibus com os passageiros.

Após a liberação de 6 passageiros durante as negociações com policiais militares e polícia rodoviária federal, por volta das 9h da manhã o criminoso foi morto por um atirador de elite após descer do veículo.

Conforme divulgado pela Polícia Rodoviária Federal o atirador fazia uso de uma arma de brinquedo e todos os reféns passam bem.

Mais informações no Jornal da Paulista 2° Edição com Ernesto Diniz e Natalia Lemos.