Sobe o número de casos suspeitos na região de Avaré; Cerqueira César, Arandu e Piraju registram suspeita de COVID-19

De acordo com as últimas informações divulgadas através das Secretarias de Saúde e prefeituras, algumas cidades da região de Avaré possuem novos casos suspeitos do novo coronavírus. Conforme as informações apuradas entre os dias 31 de março e 1° de abril foram registrados 4 casos suspeitos, sendo 2 na cidade de Arandu, 1 proveniente da cidade de Piraju e 1 caso suspeito na cidade de Cerqueira César.

Os números foram atualizados pela Secretaria de Saúde de Avaré que informa ainda 1 óbito suspeito referente a cidade de Arandu e que ainda não se obteve o resultado do exame de COVID-19.

Em nota, a Secretaria da Saúde de Arandu informou na noite do dia 31 de março que dois pacientes da cidade tiveram o quadro de saúde agravados. Ambos estão internados do Pronto Socorro Municipal e Santa Casa de Avaré com quadros respiratórios graves e fazendo uso de aparelhos.

A Secretaria ainda informou que os dois casos já haviam sendo acompanhados pela equipe de saúde do município e que 27 pessoas permanecem em isolamento devido a manifestação de quadro gripal após contato com suspeitos de COVID-19.

A nota reitera que ainda não se sabe o resultado do exame referente ao óbito registrado no último domingo, 29 de uma paciente moradora da cidade.

Arandu segue garantindo as medidas adotadas de isolamento social e de acordo com a prefeitura essa é a única maneira de reduzir a velocidade de propagação do vírus.

A Cidade de Cerqueira César informou um caso suspeito através do Comitê de Enfrentamento do COVID-19 na tarde do dia 31 de março o que caracteriza três casos descartados e um caso suspeito, aguardando o resultado de exames laboratoriais. Ainda de acordo, com o Comitê de Enfrentamento do COVID-19, presidido pelo médico Dr. Hemerson César Picanço e a secretária de Saúde do município, Marilda Paulin, partir da presente data, não serão divulgados os casos de síndromes gripais, priorizando somente casos suspeitos do novo coronavírus.