Menina de 11 anos tem perna amputada após ser prensada por carro alegórico no Rio

Raquel Antunes da Silva passa por cirurgia e teve parada cardiorrespiratória. A criança está internada em estado grave 

Uma menina de 11 anos ficou gravemente ferida após um acidente com um carro alegórico da escola de samba Em Cima da Hora, na rua Frei Caneca, no Centro do Rio de Janeiro. A criança está em cirurgia, teve uma perna amputada e corre o risco de perder também a outra. As informações são da Record TV.

Raquel Antunes da Silva estava sentada no carro alegórico, que se encontrava parado, e ficou presa entre o veículo e um poste quando integrantes da escola começaram a empurrá-lo. 

Bombeiros foram acionados e, às 23h15, quando as equipes chegaram, a vítima já havia sido socorrida. A menina recebeu os primeiros socorros ainda no sambódromo e depois foi encaminhada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, em estado grave.

A mãe de Raquel, Marcela Portelinha, entrou em choque assim que recebeu a notícia de que uma das pernas da filha precisou ser amputada e que a menina havia sido reanimada depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória.

A criança também está com traumatismo no tórax, e os médicos lutam para não ter que amputar a outra perna. Como Marcela está grávida, os médicos pediram à família que a levasse para casa.

Representantes da Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro estão no hospital para acompanhar a cirurgia.

A polícia fez perícia no carro, e o caso, a princípio, foi encaminhado ao Jecrim (Juizado Especial Criminal).

Categoria:Jornalismo